quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Kháron



Vida
Seguida
Sofrida
Morrida

Escolha minha
Fruto do desejo
Passou despercebida
Diante dos meus olhos,
E do sofrimento
Quase que não a vejo

Embarca para o submundo,
Barqueiro da escuridão
Na companhia de Kháron
Acabou o orgulho, acabou vaidade,
Cobiça e necessidade,
A vida acabou,
Um dia que ainda sofrida.
Passou...

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Expresso

Todos têm direito a se expressar,
Movimento em palavras,
Ao café da tarde,
Impresso e expresso,
As noticias no jornal,
Verdadeiro velejar,
Nos mares da vida.
Nos marés das montanhas,
Viajando via expresso.

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Só dizendo verdades, sem maquiagem.


Vitimas do machismo velado, da humilhação, da desigualdade de direitos, das piadas imbecis de pseudointelectuais...

Somos todos R. Flores!!!

Só dizendo verdades, sem maquiagem.

( R. Flores )

Pensei ser algo revolucionário e novo
Ideias que mexam com a mente do povo
Eram velhos ruídos no som da juventude
Saída da Idade Média é a sua atitude

De como agir, o mais puro julgamento
Seu falso moralismo só ganha aumento
Maquiados de ações sem maquiagem
Só vejo a mesma antiquada bobagem

Cada um faz o que bem entender
Coisas que de melhor for para seu ser
Seu julgamento nunca vai nos limitar
Como quisermos, vamos agir, vestir, falar,

Escolhemos com quem quiser nos relacionar,
Rodada é sua mentalidade que só faz enojar,
Rodou faz tempo, seu falso moralismo é inútil.
Acabou o tempo, sua hipocrisia que é fútil.

Teremos o corpo que quisermos, ele é nosso!
Sobre minhas atitudes controlar só eu posso!
Ao ver seu machismo ninguém nos calará.
Pseudo revolucionário reacionário não passará!

Foto: Vitimas do machismo velado, da humilhação, da desigualdade de direitos, das piadas imbecis de pseudointelectuais...

Somos todos  R. Flores!!!

Só dizendo verdades, sem maquiagem.

( R. Flores )

Pensei ser algo revolucionário e novo
Ideias que mexam com a mente do povo
Eram velhos ruídos no som da juventude
Saída da Idade Média é a sua atitude

De como agir, o mais puro julgamento
Seu falso moralismo só ganha aumento
Maquiados de ações sem maquiagem
Só vejo a mesma antiquada bobagem

Cada um faz o que bem entender
Coisas que de melhor for para seu ser
Seu julgamento nunca vai nos limitar
Como quisermos, vamos agir, vestir, falar,

Escolhemos com quem quiser nos relacionar,
Rodada é sua mentalidade que só faz enojar,
Rodou faz tempo, seu falso moralismo é inútil.
Acabou o tempo, sua hipocrisia que é fútil.

Teremos o corpo que quisermos, ele é nosso!
Sobre minhas atitudes controlar só eu posso!
Ao ver seu machismo ninguém nos calará.
Pseudo revolucionário reacionário não passará!

quinta-feira, 31 de julho de 2014

PARE



Parece que o "diferente", o escape do erro a norma, ainda é visto como uma grande falta moral, como se todos tivessem um caráter exemplar para julgar, ou que o mundo fosse muito seletivo a ponto que o erro, fosse algo gravíssimo que deveria ter uma pena capital, não meus amigos, errar é meramente humano. 





PARE

PARE de julgar os erros dos outros,
PARE para analisar seus próprios erros.
PARE de acertar sempre, por que errar é humano.
PARE de jogar lixo no chão,
PARE com a indiferença,
PARE de compartilhar material privado,
PARE de ser invasivo,
PARE de cantar mulheres na ruas e assedia-las,
PARE de ser tão massivo,
PARE no sinal PARE
PARE antes da faixa de pedestres e não em cima da faixa,
PARE de jogar entulho em estradas rurais,
PARE de arremessar lixo da janela do seu carro,
PARE de se enganar indo na missa, se você envenena cães,
PARE de se enganar desprezando moradores de rua,
PARE de gerar conteúdo inútil,
Diante o julgamento de terceiros:
- PARE e PENSE em SUA VIDA.
PARE de fazer coisas erradas,
PARE de acreditar que TUDO que faz é certo.

terça-feira, 10 de junho de 2014

Manifesto do Analfabeto funcional



Você que assiste jornal,
lê revistas e televisão,
Passa pela norma moral,
Normal indiferença
Exclusão estatal,
Massa de manobra,
Voto funcional...
Mas não me venha com essa de jornal,
Não quero saber dessas mentiras pra vender papel,
Não quero copa ou padrão fifa,
Se fosse pra ter sem corrupção.
Superfaturamento,
ou desapropriamento,
Higienização...
Quero vida digna à nação.

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Natureza




Natureza, vida,
Paisagens vivas de beleza,
Arte natural viva,
Arte verde de nobreza,
Colorida e original,
Naturalista, Natural, Natureza,
Se encontram  por ai,
Pela cidade às vezes afogada,
Tossindo meio a fumaça,
Pelo mato é realeza,
Cheia de vigor e graça.
Viva a Natureza.


Saulo Mazagão

https://www.facebook.com/mente.e.letras

quinta-feira, 8 de maio de 2014

O que tem no seu coração?


O que tem no seu coração,
é sem valor?
A emoção é maior?
O amor é maior nesse endereço?
O amor é maior que dinheiro?
Coisas do coração não tem preço...
----------------------------------------------------------
Imagem é arte de rua , encontrada por ai...



terça-feira, 21 de janeiro de 2014

O Mito de Sísifo

Bom Dia,

Já ouviram falar no Mito de Sísifo???

Sísifo, roubou o fogo do Olimpo e Zeus, o condenou a um castigo eterno.
Seu castigo ela empurrar uma pedra morro acima, e quando chegava no topo, empurrava ela, para sair rolando morro abaixo e essa tarefa.
Pois bem o que seria um castigo, pouco a pouco ele percebeu que ele poderia colocar de si, em seu castigo, então apesar de ter a mesma tarefa, ele descobriu que poderia fazer diferente, empurrar a pedra de uma forma diferente.

Albert Camus fez um ensaio sobre tal fato, e vale a pena conferir quem gosta de uma boa leitura.

Então segue um "resenha" do mito em forma de poesia.

Curta: https://www.facebook.com/mente.e.letras

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Insônia


Insônia

De manhã,

Acordo tonto de sono,
Sono perturbado a noite,
Pela a insônia,
Pelo barulho,
Pela nostalgia,
Pelo cotidiano arrastado,
Pelas palavras não ditas,
Pelos sonho atrasado,
Pela Gota do chuveiro,
Pelo Grilo no quintal,
Pelas criticas sofridas,
Pelo amor sentimental...