quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Violência Virtual



Violência Virtual: Do privado vazado ao público...

Bem ultimamente tem me chamado bastante atenção essa questão das violências virtuais, dos cyber bullying e essas vinganças de termino de relacionamento, onde uma das partes, que (na maioria dos casos homens  divulgam imagem intimas com as parceiras) mas claro não se identificando , apenas a mulher.

Como nossa sociedade é uma bosta, hipócrita e patriarcal, já sabemos quem é a ruim da historia, a mulher, a vadia, a piranha, a vagabunda... Na hora de acusar todo mundo é santo, ou fundamentalista moral, passa exemplo digno a ser seguido, e as hipocrisias vão ao nível do delírio. Até por que transar é algo anormal, muito provavelmente a mãe de que julga, nunca transou. (pessoas que não compreendem ironia não vão entender isso), quem julga esse tipo de comportamento nunca visitou pornografia na internet? 



Um fato estranho que acho que apenas a mulher, é julgada, ela confia no cara, vai lá, filma, eles curtem transar e ver, ou ver depois pra transar, vai saber o fetiche do casal, ai vem todo mundo e critica, sendo que a quebra do caráter, é de quem tornou algo privado, publico, e assim a punição deveria ser para o contraventor e não para a vitima, que já esta “vitimizada” e fragilizada com o peso dos insultos do meio social, perseguição da pessoa como se fosse um objeto, os que perseguem esquecem que vieram de uma mãe, ou possuem irmãs, e por que não são até mulheres, que por reprimir ou sentir inveja da ousada performance, caem de insultos em cima.

E agora programas que avaliam desempenho sexual, de pessoas, como se fosse uma escolha de carros, o que eu acho mais bizarro disso, é que tem gente que acredita, como um programa, pode medir o que só o ser humano sente?

O simples ato de relacionar e o prazer sexual, que são elementos que cada pessoa constrói ao seu modo de viver, ou seja, subjetivos, que diz de um ser, que pode sentir prazer ou desprazer, com uma pratica em si, pode ser simplesmente taxado, avaliado , oferecido e vendido como um produto?
  
http://www.youtube.com/watch?v=9V8l-bZp46o

Despeço-me aqui com um Video do PC Siqueira, que achei interessante do ponto dele e tenho que concordar o fato das imagens individuais e trocadas são fantásticas.


Estou desanimado com a humanidade...

Saulo R. Mazagão 






Nenhum comentário:

Postar um comentário